Preparem-se para a 9a eleição indireta brasileira, a 1a pós-CF/88, e para um novo Brasil em 2019

Como já era de se esperar, apesar de haver dúvidas sobre as intenções da República de Curitiba, Eduardo Cunha foi preso. Se as investigações e demais ações forem razoavelmente sérias, inúmeros políticos do PMDB, PSDB e outros partidos serão presos, inclusive o atual Presidente da República.

As informações sobre corrupção de Michel Temer, como uma mensagem de whatsapp mencionando pagamento a ele de propina no valor de R$ 5 milhões existem há muito tempo. Com o avanço das investigações, sobretudo se houver uma delação premiada de Eduardo Cunha, é só questão de meses até que os ministros sejam presos, inclusive o próprio Temer.

Nesse caso, haverá, pela primeira vez desde 1985, uma eleição indireta no Brasil. Será a nona da sua história.

O Congresso Nacional deve chamar as eleições indiretas em até 48 horas após a vacância do cargo. As chapas devem ser registradas em até 10 dias e a votação é realizadas pelos membros do Congresso Nacional, os representantes do povo, em até 30 dias após a vacância do último cargo.

Por isso, chama-se de eleição indireta: os representantes escolhem pelos seus representados.

Fique claro que qualquer político filiado a um partido poderá ser candidato. É como numa eleição direta. Aqueles que concorrem não são apenas os membros do Congresso Nacional. Estes são os únicos eleitores, como dito.

O argumento de que a Lava Jato precisa terminar porque prejudica a economia é ridículo se desenvolvido com o objetivo de barrar a operação no meio. De fato, enquanto ela estiver correndo e puder atingir grandes nomes, como o Presidente da República e seus ministros, a instabilidade será grande e a crise deverá continuar. Por outro lado, prender os grandes políticos corruptos é a única forma de o Brasil, enfim, ter uma grande mudança para melhor.

O objetivo deve ser, então, acelerar a Lava Jato num sentido de lhe dar eficiência, de fazê-la atingir seus resultados rapidamente, mas respeitando as leis brasileiras, até para que não haja nulidades que deixem os criminosos saírem ilesos.

A Lava Jato precisa conseguir prender até meados de 2018 todos os políticos de quaisquer dos partidos cujos nomes estejam envolvidos em corrupção, inclusive do PSDB, vale lembrar! Assim, a população poderá ter mais clareza nas importantíssimas eleições de 2018 e o ano de 2019 poderá ser o início de um novo Brasil.

Cabe à população se unir, lutar para que todos, independentemente de partidos, sejam presos. Se isso acontecer, poderemos ter esperança. No entanto, para ser otimista, não é preciso já ter esperança. Esta é resultado do trabalho duro com foco em resultados. O otimismo é o estado de espírito que nos impulsiona para o trabalho e nos permite enfrentar qualquer dificuldade.

Precisamos ser otimistas para sermos trabalhadores; sermos trabalhadores para sermos esperançosos; e sermos otimistas, trabalhadores e esperançosos para podermos obter sucesso e progredir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s