As degenerações das relações na Internet (Facebook, whatsapp etc.)

A Internet trouxe avanços incríveis, aproximando os países, os povos e acelerando muito o progresso; porém, como toda mudança, é preciso maximizar os seus aspectos positivos e minimizar os negativos.

Absolutamente tudo carrega efeitos positivos e negativos, ainda que esses últimos venham, em alguns casos, no momento em que se exagera ou degenera o uso de algo. Por isso, é preciso sempre aplicar um olhar complexo, equilibrado sobre as decisões.

As ferramentas da Internet – as redes sociais e os veículos de mensagens diretas, como o whatsapp – têm degenerado as relações humanas. Diversos tipos de comunicações que dificilmente aconteceriam na forma pessoal acontecem hoje por esses meios na forma degenerada. Vamos aos exemplos concretos.

Numa comunicação pessoal, é anormal e, em geral, compreendido como falta de educação não responder ao outro. Se alguém nos cumprimenta, pergunta algo, pede algo, por mais importante que a pessoa se julgue, dificilmente ela não responderá, ou será considerada bastante mal educada.

Nos e-mails e nas redes sociais, os indivíduos consideram normal não responder às mensagens dos outros. Pratica-se a má educação todos os dias com a maior naturalidade. Ninguém é tão pouco importante que não mereça uma resposta carinhosa, ainda que bastante objetiva, e ninguém é tão importante que tenha um aval para não responder aos demais, salvo casos degenerados de agressões, quando se deixa de responder para não propagar o conflito, ou de papos estranhos que levantam suspeitas.

Se as pessoas estão sem tempo para responder as outras, está na hora de reduzir a carga de trabalho, de criar tempo para conviver melhor e de forma amável, mesmo com aqueles que não se conhece ainda.

As relações de amizade hoje estão associadas, por exemplo, à participação em grupos de whatspp. É algo insano. Se uma pessoa decide deixar um grupo de whatsapp por julgar que aquilo não é bom, os demais a impingem de bossal, de alguém que não quer mais ser amigo etc.

Amigo é aquele que trata bem, que mantém contato, que quer saber dos problemas, que quer ajudar a resolvê-los, que quer participar das coisas boas ou ruins etc. Atenção! Ser amigo não é participar de grupo de whatsapp e dar curtidas nos seus posts no Facebook. Parece óbvio, mas claramente a maioria não lembra disso.

A Internet, por ser um meio dentro do qual milhares e até milhões de terceiros estão vendo as comunicações, torna-se um maximizador das mais degeneradas características humanas, como orgulho e egoísmo.

Alguns buscam atenção pelo físico, outros pela intelectualidade, outros por veicular ideias com uma certa ideologia que atrairá um dado número de pessoas. A Internet tem sido usada como meio de amainar a carência dos indivíduos e de lhes gerar fama, dinheiro, poder; tudo o que é supérfluo e que deveria até ser evitado.

É necessária uma re-espiritualização do ser humano. As pessoas estão completamente perdidas no mundo consumista cibernético, e isso está se refletindo no dia a dia concreto das sociedades.

Deve-se voltar a focar nas relações, ainda que as comunicações sejam em boa parte virtuais, algo difícil de se evitar hoje. É preciso valorizar o ser humano, a evolução moral e intelectual equilibrada, a cooperação.

Apenas o culto a valores que aproximem as pessoas e que incentivem a solidariedade poderão gerar um mundo com menos violência e mais amor, algo que, supostamente, todos deveriam querer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s