Não se acredita ou não em espíritos. Sabe-se que eles existem ou não.

Apenas é possível acreditar ou não em algo que é discutível, algo, por exemplo, que é completamente alheio aos sentidos humanos. Por exemplo, ainda que muitos possam sentir a presença de Deus, é complicado dar uma natureza palpável a essa inteligência, a essa força.

Espíritos, por outro lado, são como a energia elétrica. Você pode até questionar a existência da energia elétrica, pode nunca ter visto, mas coloque o dedo na tomada e saberá que ela existe. Portanto, não faz sentido uma frase do tipo: eu não acredito na energia elétrica. Pode-se negar a sua existência, mas não cabe lhe tratar como algo sujeito à crença.

O mesmo acontece com os preconceitos contra negros, gays, pobres etc. Muitos negam que eles existam no Brasil, pois, por exemplo, isso poderia afetar seus privilégios ou porque o indivíduo não quer admitir que é preconceituoso. No entanto, não faz sentido uma frase do tipo: eu não acredito no preconceito. Não é uma questão de crença. Ou ele é praticado, ou não é.

Por fim, exatamente o mesmo se dá com espíritos. Não se acredita ou não em espíritos, pois é possível ter uma comunicação clara com eles e ouvir de quem já desencarnou aquilo que, por exemplo, ninguém mais sabe. Então, como tratar isso como crença?

Há os que morrem de medo, os que nunca tiveram oportunidade de se comunicar e afins. São aqueles que não querem saber da existência, pois isso afetaria suas certezas, lhe deixaria com medo na hora de dormir, lhe submeteria a acreditar em forças maiores, enquanto ele ou ela só quer ganhar dinheiro e curtir a vida.

Mas, se tanta gente diz que espíritos são reais, têm, inclusive, constituição física e se comunicam com os humanos encarnados, não valeria a pena, ao menos, ir checar isso com muito cuidado? E, se concluir pela existência deles, pudesse mudar a nossa vida para muito melhor, como de fato mudou e mudará a de milhões de pessoas em todo o mundo?

No momento em que as pessoas perceberem que os espíritos existem, que estão numa posição na qual têm informações importantes das quais não dispomos nesse plano e afetam constantemente as nossas vidas, elas resolverão, dentre muitos outros, os problemas anteriores, pois eles explicam que Deus é uma realidade e que os preconceitos, das mais variadas formas, ainda assolam praticamente todo o Planeta Terra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s