Denúncia é apresentada contra Lula e aceita por Moro 11 dias antes das eleições. Teria a Lava Jato fins políticos?

A acusação de que a Lava Jato tem fins políticos é antiga, e os fundamentos para sustentá-la, até que fosse apresentada a denúncia contra Lula na semana passada, não eram poucos.

Os supostos crimes cometidos por membros do PT e, sobretudo, por Lula são investigados em velocidade máxima, excessivamente noticiados nos meios de imprensa, enquanto que pouquíssimo se vê evoluir investigações contra membros do PSDB. Nem é preciso lembrar da condução coercitiva de Lula, dos vazamentos de áudio de conversas com a então Presidente da República etc.

Aécio Neves foi delatado em torno de 10 vezes na Lava Jato, mas a investigação contra ele foi arquivada pelo STF, sendo que Gilmar Mendes tentou arquivá-la sumariamente e foi impedido, numa primeira oportunidade, pelo Ministério Público Federal.

Deve-se considerar, no tocante à massificação de notícias negativas contra Lula e o PT, que a culpa não é somente de Sérgio Moro, do MPF ou da Polícia Federal.

O problema é que a grande imprensa brasileira – ainda muito concentrada, porém menos do que antes por conta dos blogs e de veículos estrangeiros que perceberam uma lacuna no Brasil – é historicamente uma ferrenha opositora aos governos de esquerda, pois é de propriedade de antigos membros conservadores da elite dos 0,1% mais ricos do país.

A concentração da imprensa na mão dessas pessoas tem sido um fator determinante para o insucesso do país, tendo em vista que a formação de opinião é constantemente manipulada e “tange” a população a manter preconceitos e mitos, pouco estimulando-a a progredir.

O STF também tem sua parcela de culpa, pois o órgão está, como sempre, atolado de processos e não consegue avançar nem perto da velocidade de Sérgio Moro. Sua coerência também é estranha, como no caso da prisão de Delcídio Amaral com uma manobra jurídica e, um pouco mais tarde, havendo até mais elementos, não determinou a prisão de Romero Jucá e outros que conversavam ao telefone sobre “estancar a sangria da Lava Jato”.

O fato é que, se havia ainda dúvidas acerca dos fins políticos de Deltan Dallagnol e de Sérgio Moro, parece não haver mais, o que é muito triste. A Lava Jato tem uma importância enorme para o país, pois tem revelado uma pequena parte do enorme mar de corrupção sistêmica que mina as forças do Brasil há muito tempo. Se mal dirigida, como parece estar sendo, corre-se o risco de haver declaração de nulidades mais à frente e liberação de pessoas culpadas por crimes, como já aconteceu em outras operações.

A apresentação de denúncia 18 dias antes das eleições municipais, com espetáculo midiático e afirmações peremptórias sobre a culpa de Lula, algo que não cabe de modo algum a um promotor em fase de denúncia, escancaram os fins políticos (ou no mínimo a irresponsabilidade completa) da Lava Jato e de Deltan Dallagnol, e nem o mais ingênuo, cético e/ou dissimulado pode negar  isso agora.

O mesmo acontece com Sérgio Moro, que, alguns dias depois, havendo um final de semana no meio, aceitou uma denúncia com extensão enorme, que já teria sido lida e minuciosamente analisada por ele. Ora, ele nem precisava ler. Se são todos membros de uma única República de Curitiba, talvez a denúncia tenha sido feita “a quatro mãos”. O detalhe é que faltam 11 dias para as eleições municipais.

Os membros da Lava Jato já se manifestaram algumas vezes no sentido de que estavam evitando ao máximo interferir na política. O que dizer da apresentação de uma denúncia contra Lula 18 dias antes das eleições municipais e da aceitação de forma açodada alguns dias depois?

É uma pena que isso esteja acontecendo no Brasil e que os riscos de anulação de processos da Lava Jato, sobretudo daquele contra Lula, que pode vir mesmo a ser considerado culpado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, vêm aumentando cada vez mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s